Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Instagram

Google+ Followers

sábado, 4 de dezembro de 2010

Surreal - Capítulo 9


Ninho de cobras

- Johnny, cheguei!
- Ah, até que enfim! E ai, como foi a viagem?
- Um tédio! Tirando as acomodações lá do hotel espanhol, de resto foi "sem sal".E ainda tomei um "esporro" do chefe do Le Sordid, o tal Penguin.
- Hummm, só isso?
- Só! Por quê?
- Por nada, é que você demorou 2 dias a mais que o resto.Conversei com o Boffil e ele me disse que todos haviam retornado ao Brasil na sexta.
- Conversou com o Boffil? Como assim? Ah..então...
- Fala "Sr. Glauco", onde esteve?
- Tá ok, contarei a verdade. Desembarcamos de volta na sexta sim, mas uma mulher me abordou no aeroporto e disse que tinha assuntos urgentes a tratar comigo.E tinha mesmo, era a filha de Bracciola. Daí acabei ficando 2 dias em São Paulo, desculpa...é uma longa história...
- Fingirei que acredito. Vamos tomar um drink lá no "Kowalsky"?
- Você calmo e sem fazer barraco? Você está com febre?
- Vamos ou não?
- Ok ,vamos!
Johnny estava estranho.Mesmo sabendo que eu havia mentido, ele estava super calmo. O que estava acontecendo? Alguma coisa não estava normal.
Já no bar Kowalsky...[música de barzinho ao fundo]
- Garçom, quero um "Hi-Fi"! E você Glauco?
- Pode ser 1 pra mim também!
- Ok senhores, 2 Hi-Fi. Mais alguma coisa?
- Uma porção de fritas com bacon.
- Ok!
Aquela noite de Domingo estava tranquila demais.Johnny nem fazia mais perguntas sobre os dias que estive ausente, nenhum louco aparecia para estragar minha paz, nenhum dos Le Sordid me ligava para alguma nova e "podre" tarefa...parecia um sonho, era difícil de acreditar.
- Hummm, delícia esse Hi-Fi, há muito tempo que não tomava um desses.
- Verdade...
- Johnny, por quê você está estranho, tão quieto, não fez barraco, o que está acontecendo?
- Eu nunca faço barraco, sou a pessoa mais calma do mundo!
- Poupe-me de suas ironias, você não é calmo assim.Desembucha!
- Rá, você voltou muito estressado hein, cuidado com o coração!
Respirei fundo e continuei a beber. Percebi que não adiantava mais provocá-lo...
- Amor, tem alguma coisa nesta bebida.Tô ficando sonolento.
- Deve ser o cansaço da viagem, relaxa!
- Não, estou falando sério, tá muito gostoso o drink mas...Jo...
Horas depois...
- Caramba, dormi demais, que horas são? Peraí que lugar é esse? Onde é que estou?
- Calma Sr. Glauco, isto é um hospital!
- Quem é você? O que estou fazendo aqui?
- Sou a enfermeira Mari.O Sr. desmaiou ontem no bar Kowalsky e ninguém conseguia acordá-lo, dai foi trazido até aqui, mas está tudo bem, já o examinamos e não há nada de errado. Não se lembra de nada?
- Só me lembro que estava com Johnny e fui sentindo sono...
- Ah sim, foi ele quem o trouxe pra cá e deve voltar logo mais no horário de visitas, ou seja às 13:00 hs.
- Ainda sinto um pouco de sono, o que pode ter acontecido comigo?
- Pode ter sido apenas uma "crise de stress". Seu companheiro nos afirmou que o Sr. tem trabalhado muito.
- É, pode ser...mas...
- Mas, o que Sr.?
- Nada não moça. Obrigado por me tranquilizar e cuidar de mim.
- Estou aqui pra isso, agora vou sair, daqui a 2 horas eu retorno, por favor descanse e logo receberá alta.
- Ok, obrigado mais uma vez.
Quando a enfermeira se foi, comecei a pensar no comportamento estranho de Johnny, meu desmaio, enfim...
E já estava cansado de ficar deitado, mesmo parecendo estar "anestesiado". Fui até a porta do leito onde estava.Olhava o corredor e só havia a mesma enfermeira, que estava visitando outros quartos. Tudo uma calmaria até que...
- Putz...aquele enfermeiro que chegou é o Orlandi, isto não está me cheirando bem...
Afastei-me um pouco e fiquei escondido só observando enquanto os dois conversavam e pareciam bem íntimos.
Após a conversa, notei que Orlandi seguia em direção ao meu leito.Voltei rapidamente pra cama...
Segundos depois...
- Olá Glaukito, olha só quem chegou pra "cuidar" de você!
Fingi espanto...
- Orlandi? Quem você veio matar aqui? Logicamente não sou eu né?
- Ora, ora, não mato uma mosca querido, por que diz isso? E porque teria motivos pra te matar? Vamos, deite-se que vou lhe dar um remedinho...
- Você acha que sou trouxa em confiar em você?
- Glaukito,estou perdendo a paciência, não tenho o dia todo...
- Foda-se!
- Que rapaz estressado meu povo, não é a toa que veio parar no hospital, e nas minhas mãos.
- Suas mãos? É, são lindas mãos, uma pena que servem apenas para aplicar injeções letais em traidores do Le Sordid...
- Servem pra outras coisas também querido, quer experimentar?
- Nossa, assim eu me excito, vamos fechar esta porta então?
- Você é abusado hein?
- E você é bonitinho, mas ordinário, assassino...[música de sedução perigosa ao fundo]
- Quais as provas contra mim? Nenhuma! E já que está me provocando, porque não me beija agora?
- Implore!
E Orlandi aproximou-se ainda mais de mim. Percebi sua respiração à míseros centímetros de meu rosto.Nos olhamos fixamente...
Quando íamos nos beijar, dei uma joelhada em seu saco e Orlandi caiu no chão contorcendo-se em dor.
- Pooorra Glaucooo, que isso seu filho da puta?
- Só um aviso! 
Neste mesmo momento a enfermeira Mari abriu a porta.
- O que está acontecendo aqui?
- Quem faz as perguntas sou eu. Você querida Mari, e Orlandi, foram mandados pelo Bracciola para me "eliminar", não é?
Os dois permaneceram calados...
- Ok, ficaram mudos, mas sem problemas, já me deram a resposta.Agora vou sair desse hospital e fingir que nada aconteceu.

Continua...


* Esta é uma obra de ficção. Qualquer semelhança com fatos ou pessoas reais é mera (e trágica) coincidência.

10 comentários:

CAIN SODOM disse...

Que isso, MEOD? KILL GLAUKO?

Serginho Tavares disse...

ai que raiva!
quando a coisa esquenta, termina?

posta logo o próximo que to louco de ansiedade

beijos

Le Voyeur disse...

perai, para tudo:
e essa foto do orlandi??? ja pode pegar bial?
alokaaaa
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

bjs do voy

pinguim disse...

Explica aí o que é isso de "esporro"?
Será o que estou a pensar?

Junnior disse...

Li tudinho e curti. Depois volto pra ler a continuação.
Bom domingo.

Renato Orlandi disse...

HAUShaushuahsuahuaa...

POOORRA mesmoooo!!! ^^

acabou com os filhotes do coitadinho do Orlandi!!! heheheee... Me senti em Kill Bill agora, cadê o tapa vista lá de pirata? heheee.......

Ain, tem gente com mania de perseguição nessa história viu!! hehehee....


Bjuuuuu! Adorei! QUAAAASE PEGUEEEEIIIII!!!!!!!!!!!!

Arsênico disse...

hahahahaha!!! aDoro!!!

Pelo visto EU fui o único que pegou o Glaukito néah? Delícia! kkkkkkkkk!!! Embora ele tenha me assassinado logo após!

Tadinhos dos ovinhos do Orlandi... ele é tão bom moço... (até onde eu sei néah?) kkkkkkkkkk!!!

Aliás... gateenho néah? Já phódhy pegar Bial?² kkkkkkk!!!

***

umBeijo!

;-D

Ellen disse...

Ah....!
Sempre acaba nas melhores partes...
Ah não, trate de escrever o próximo capítulo já! rsrs

Moranguinhu disse...

eai amor quando vai sair o prox imo capitulo? kkkkkkkkkkk

Vanderson disse...

Momentos de tensãoo!! :O
Abraçoooo!

Siga-me no Twitter

Amigos e páginas favoritas