Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Instagram

Google+ Followers

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Bloco de Notas

Abri um bloco de notas para escrever algo.
Sim, porque fico mais à vontade neste aplicativo...
Olhei por alguns minutos na tela branca
E não sabia exatamente o que ia escrever
Não havia uma inspiração iminente.
Nem ouvindo música surgia uma idéia...
Liguei a TV!
Quem sabe havia alguma notícia interessante...
Nada!
Apenas as informações sobre futebol.
Já era fim do "Jornal".
E então veio a novela com os mesmos clichês de sempre...
O mesmo melodrama, a mesma monotonia...
Então pensei "caramba, estou tão chato, será que preciso de sexo?"
Sim, no meu inconsciente eu precisava sim!
Me faz bem, me inspira, mas enfim...
Desvirtuei meu pensamento
E novamente olhei para o bloco em branco...
Mas que droga!
Há dias que escrevo coisas tão facilmente...
Por que hoje estou assim?
Então cheguei à conclusão
Que só preciso parar de me cobrar tanto
Afinal, quem vai morrer se eu parar de escrever?
...ih, escrevi um texto estranho, mas escrevi...
Que coisa não?

7 comentários:

Glaukitos disse...

Os 3 pontinhos(...) saem como barra nesta forma de letra..aff

#morri

Cecilia sfalsin disse...

EI amigo,

Acredito que todo mundo que gosta de se expressar na escrita passa por momentos assim de ficar em frente ao pc e nada, você fica ali até tentando juntar palavras que não tem nada haver.Claro que quem gosta das suas mensagens sempre espera algo novo, uma mensagem, um desabafo,sei lá,mas como eu disse uma vez, as nossas inspirações não vem quando queremos; elas aparecem em momentos mais estranhos e ai é só por a mão no teclado e pronto até você se surpreende contigo..

Beijos.

Senhor da Vida disse...

Também ja me vi diante de uma carta para o dia e tentando entender ou pensar, como iria falar sobre ela, aquele apagão básico.
Mas o nada também faz parte do tudo, as vezes a mente precisa mesmo silenciar.Abraços!

Paulo Braccini - Bratz disse...

pronto escreveu ... para de reclamar rabugento ...

pinguim disse...

Adoro escrever assim, ao correr da pena...

Diogo Didier disse...

Tocou no meu ponto fraco, escrever...adooooooooooro manifestar o que penso e acredito através das palavras... me sinto bem assim, renovado!

João Bosco Guimaraes Mafra disse...

Esta escrito em seu bloquinho de NOTAS.
Tudo o que você queria escrever.

João Bosco

Siga-me no Twitter

Amigos e páginas favoritas