Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Instagram

Google+ Followers

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Carta à um suicida



Olá querido amigo!
Corrigindo, olá amigo!
Já que você não se acha querido por ninguém, não há porque chamá-lo assim, não é mesmo?
Outrora você me disse que estava pensando seriamente em se matar e pediu minha opinião, lembra?
Pensei, pensei, pensei...
Você nem é famoso como Kurt Cobain ou Hitler, então será lembrado apenas por seus familiares e amigos e quando eles falecerem, ninguém saberá quem foi você.
Peraí, mas claro que você pode ficar famoso depois da morte sim. Já imagino suas fotos em sites grotescos e muitas pessoas dizendo; "que idiota"!
É, tudo tem seu preço!
E a coitada da sua mãe né?
Criar um filho com tanto carinho mas este filho egoísta não está nem aí pros sentimentos dela...
Lembrei-me que alguns dos seus motivos eram a falta de emprego, desilusões amorosas e a morte de seu pai.
Realmente você é um grande covarde!
Seu pai se estivesse vivo, jamais gostaria de te ver assim. Desilusões amorosas fazem parte da vida e falta de emprego não é motivo para tanto.
Quantas e quantas pessoas sobrevivem(ou até vivem bem) fazendo reciclagem, guardando carros, fazendo pequenos serviços para vizinhos dentre outros.
Ah, também me lembrei que você se acha feio e tem vergonha de sair na rua...
Tadinho de você né?
Os pacientes com câncer que sua mãe cuida não se importam com a beleza. Eles só têm esperança na cura, esperança de viver.
Você também reclama que sua irmã deficiente física tem mais atenção de seus familiares que você.
Será por que, ela mesmo não tendo as 2 pernas, faz faculdade e ganha medalhas paraolímpicas?
É, realmente você parece ser um caso perdido.
Até ia te convidar pra uma balada onde uma amiga minha queria te conhecer mas, esquece.
Você estará ocupado demais com seu egoísmo, não é mesmo?
Ah, caso você se mate realmente, não me espere no seu velório.
E vê se não suja muito o local onde você irá tentar chamar a atenção deste jeito imbecil.
Porque executar uma limpeza é trabalhoso mas você nunca soube disso porque sempre fizeram isso por você, estou errado?
Finalizo esta carta dizendo que foi bom conhecer você.
Afinal me serviu de exemplo do que não devo fazer( e ser).
Abraço!

6 comentários:

Paulo Braccini disse...

muito bom ... denso e forte ...

bjux

;-)

«╬♥ LADy M«╬♥ disse...

noite...nossa forte isso me deixou sem palavras ..:[
bjO

Artigos & Crônicas disse...

Excelente postagem! Texto bastante forte que retrata um realidade oculta que ainda não havia parado para pensar, mas que provavelmente existe na mente dos suicidas.
Abraços
Sonia Costa

Lord V. disse...

q ésso?
O_o
fica bravo nao colega...
><

abraços
voy

Jackie Freitas disse...

Glaukito, meu querido!
Forte essa carta! Muito boa! E pensar que tantas pessoas passam por essa feliz idéia...me deixa deprimida. Soube, recentemente, de um caso vivido por uma pessoa próxima, sem parentesco, mas conhecida, cujo filho se suicidou. Ele se atirou do alto de uma ponte! Afff...Ele deixou uma carta aos pais dizendo que há muito tempo estava sinalizando sobre os problemas de depressão que ele sofria. Entre alguns "argumentos", ele citou que tinha perdido a namorada, que se achava feio e tímido demais, portanto não pertencente a esse mundo... Escreveu que por várias vezes tentou conversar com os pais e eles sempre estavam ocupados demais com o trabalho e ele ficava com medo de atrapalhar...
Quando soube dessa história, pensei no quanto é importante nós, pais, estarmos atentos ao comportamento dos filhos, porque penso que eles sinalizam mesmo as dificuldades. Li que a depressão entre os jovens cresce cada vez mais e que a solidão é um dos fatores recorrentes. Veja que curioso, segundo as pesquisas, os jovens que passam horas na frente do computador, ligados em msn e redes sociais, mesmo criando vários "amigos", sentem uma maior solidão.
Triste estatística entre tantas outras.
Grande beijo, meu querido.
Parabéns pelo belo texto! Deveria ser amplamente divulgado!
Jackie

Isa disse...

É muito triste, quando uma pessoa chega a esse limite: suicídio,acreditando ser a solução dos problemas...

Com carinho
Isa

Siga-me no Twitter

Amigos e páginas favoritas