Este blog possui atualmente:
Comentários em Artigos!
Widget UsuárioCompulsivo
Instagram

Google+ Followers

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Surreal - Capítulo 2

O Sequestro

Muito assustado, tomei café e fui banhar-me para me acalmar.
No chuveiro, não parava de lembrar daquele estranho acontecimento.
Comecei a me perguntar: "será que estou ficando louco?"
-Isto não pode ser real, mas como explicar estes hematomas em mim?
Terminei a ducha, vesti-me e fui ao correio.
Precisava enviar uma encomenda.
Ainda na fila, senti uma mão tocar meu ombro.
Virei-me rapidamente mas não havia ninguém atrás de mim.
Arrepiei-me...
Quando estava terminando o pagamento da entrega, avistei uma figura bizarra passar pela rua.
Acelerei meus movimentos e instintivamente, sem pensar no que estava fazendo, fui seguindo aquela mulher pela cidade. Mas ela andava rápido e percebi que já estávamos longe do centro comercial.
Finalmente ela entrou num casarão...
Parei em frente. Olhei para todos os lados e resolvi entrar também.
Era um lugar abandonado!
Havia apenas alguns pedaços de madeira e tijolos espalhados pelo chão e nada mais. Estava escuro e eu não conseguia mais avistá-la. Ela havia sumido.
- Mas como? Onde ela está? Indagava-me...
Comecei a sentir medo e resolvi ir embora.
Quando já estava próximo à porta de entrada fui parado por uma voz:
- Ei baby, procurando por mim?
Virei-me e tomei um grande susto...
- DIVINE?
- Isso mesmo garoto, sou Divine em carne e osso. Mais carne do que osso, lógico!
Meus olhos não acreditavam no que eu via.
- Mas, Divine não pode ser você. Divine morreu em 1988!
- Oras, seu idiota insolente, sou o Bozo então?
Emudeci...
Ainda trêmulo, pensei: " o que está acontecendo? tenho que sair daqui"
Quando estava quase saindo, a porta se fechou misteriosamente.
Entrei em desespero...
Puxava a maçaneta em vão. Estava trancada!
Divine ria...
- Hahaha...você mordeu a isca direitinho!
- Isca? Como assim?
- Você irá descobrir tudo em breve! Agora venha comigo!
- NÃO VOU! Você é um fantasma, você não é real!
Eu gritava transtornado, tremendo...
Divine retira um revólver que estava escondido entre seus seios e me obriga a segui-la.
Saímos por uma outra porta, certamente do outro lado do casarão.
Havia um carro preto nos esperando.
Divine me empurrou para dentro e disse:
- Você vai ficar quietinho agora ou morre!
Vendou meus olhos e amarrou minhas mãos, para que eu não pudesse ver o trajeto ou tentar uma fuga.
- Motorista, pode seguir! Bracciola nos espera!
Quem era o motorista?
Quem era Bracciola?
Eu já estava em pânico e não tinha idéia do que iriam fazer comigo.Só ouvia Divine e o misterioso motorista rindo de meu desespero.
- Chegamos baby!
Tiraram-me do carro e foram me arrastando pelos braços.
Finalmente Divine tirou a venda que cobria minha visão e disse:
- Bracciola, sua encomenda está entregue!
Neste momento meus olhos tiveram outra surpresa.
Divine desapareceu diante de mim. Meu medo, minha tensão aumentaram.Eu sentia que ia desmaiar.Era demais pra mim.
- Ei garoto, Divine já cumpriu sua missão, agora é conosco, sou o Bracciola e meu motorista é carinhosamente chamado de "Mr. Voy".Você vai descobrir o porquê.
- Voy, leve-o para "aquela sala"...
Não aguentei tantos acontecimentos e perdi os sentidos.



Continua...



* Esta é uma obra de ficção. Qualquer semelhança com fatos ou pessoas reais é mera (e trágica) coincidência.

8 comentários:

Senhor da Vida disse...

Nossa, poe surreal esse historia!Acompanhando, bjs!

Paulo Braccini disse...

Surreal, intenso, dramático, libidinoso, lírico ... todos na dose certa ... parabéns ao Glaukitos escritor ... nada mais me surpreende em ti ... fantástico ...

Obrigado pelo carinho querido ...

ps: não vou negar q viajei no conto neannn??? rs

bjux a vc e ao Johnny

;-)

Renato Orlandi disse...

HASUhaushaushua.. Voy de motorista? Achei digno! E fiquei com medo de Bracciola e o fantasma, OMG como assim? Muita coragem a sua, eu já tenho medo de trava na rua imagina num casarão abandonado rsrsrs... Quero ver no que vai dar... hahaha! Bjuuu!

Mariposo-L disse...

Nossa o Paulo, virou o poderoso Tesão opsssssssss chefão ?!?!?!?!?

O que ele vai fazer com vc ... vixe tem um monte de sugestões em mente ...kkkkk

«╬♥ LADy M«╬♥ disse...

oooooo esperanduu ansiosa pelos proximos capitulos aaaaaaaaaaaaaaaaaaaa q meda
bJO

Serginho Tavares disse...

adoraaaaaaando muito
mas so posso dizer uma coisa: pelo visto vc se fudeu!
ou será fudido?

hahahaha adoro! e esperando mais e mais

Lord V. disse...

ai
so digo q eh um absurdo minha pessoa, tao santa pura e casta aparecer assim, como um pseudo-vilao comparsa de Bratz...
estou de olho!!!
literalmente!

abraços
voy

Arsênico disse...

hahaha!!! aDorando... e assim como o Braccini... também viajando na estória...

Vou para o 3° episódio!

***

umBeijo!


;-)

Siga-me no Twitter

Amigos e páginas favoritas